atelier do cardoso - acreditar lisboa 03.jpg
atelier do cardoso - acreditar lisboa 04.jpg
atelier do cardoso - acreditar lisboa 07.jpg
atelier do cardoso - acreditar lisboa 06.jpg
atelier do cardoso - acreditar lisboa 01.1.jpg
 Ampliação da Casa Acreditar de Lisboa.  Após a análise do projeto da atual Casa Acreditar de Lisboa, e através da observação do funcionamento dos espaços e o modo como famílias, voluntários e funcionários utilizam os mesmos, concluímos que um dos pontos essenciais para esta ampliação é que a ligação entre os dois edifícios não seja percetível para os seus utilizadores, não existindo qualquer elemento de transição vertical, pois este seria sempre uma barreira à dinâmica da Casa.  Desta forma propomos igualar a cota do piso 0 do edifício nº 71 à do edifício nº 73, tirando proveito de um pé direito mais alto no novo edifício para o auditório e zonas comuns que necessitam de algumas infraestruturas. Este aumento do pé direito permite também dar ao auditório uma escala mais nobre, reforçada com o aumento da dimensão dos vãos em altura.  A intervenção no exterior do edifício nº 73 não será significativa, enquanto que no edifício nº 71 propomos que seja mantida a geometria das fachadas, bem como a disposição dos vãos do alçado principal, com alteração da proporção dos vãos no piso 0 e construção de um novo vão de passagem que corresponde à saída dos lixos. O atual acesso a este edifício é transformado numa porta que permite a entrada direta para o auditório, mas apenas em situações pontuais, em que seja conveniente esta relação muito direta com o exterior.  Quanto à ampliação propriamente dita, esta acontece com a transformação do atual telhado de telha num volume em chapa de zinco, ou seja, aumentamos um piso mantendo a geometria das duas águas. A escolha deste material surge como um elemento do projeto que sinaliza a intervenção efetuada no edifício, sem que esta seja austera ou impositiva e estabelecendo um compromisso com o edifício pré-existente, não comprometendo a sua imagem original.  Concurso por convite: 1º Classificado  Localização: Lisboa  Programa: Casa de Acolhimento, 1300 m2  Estado do Projecto: Licenciamento  Data: 2018/…  Cliente: Acreditar - Associação de Pais e Amigos de Crianças com Cancro  Arquitectura: Mafalda Ribeiro Ambrósio + João Gomes Leitão  Imagens 3D:  Pedro Serrazina Studio   Engenharias: PRPC Engenheiros
prev / next